GeoConnectPeople

The Global Social Network of People Focused on Geospatial Solutions

Eis que surge um problema no dia-a-dia..

.. Foi executado o levantamento de campo como GPS Geodésico L1/L2 para fins de Georreferenciamento em uma determinada área. Em um dos vértices que limitam a propriedade já havia um marco implantado cujo Georreferenciamento da área vizinha já estava certificado. Até ai tudo bem.. Porém quando foi contatado o profissional que havia feito o levantamento da área vizinha para que pegássemos os dados brutos, rinex e relatórios daquele determinado vértice o mesmo nos informou que não os tinha mais e só tinha a planta em formato DWG. E se não bastasse o Georreferenciamento foi feito com base no Datum Sad-69. No entanto transformamos a coordenada daquele vértice para SIRGAS 2000 utilizando o programa ProGriD disponibilizado no site do IBGE para obtermos a coordenada em SIRGAS, porém quando feito isso a mesma ainda ficou com uma diferença de 22 metros. O que fazer ? Contatar o INCRA ? Utilizar as coordenadas que obtemos com a coleta de dados do nosso GPS ? 


Att,
      Vanessa M. 

Views: 229

Reply to This

Replies to This Discussion

Olá, situação complicada a sua, mas acho que é por este caminho mesmo, você contata o INCRA e provavelmente eles iraõ lhe passar os dados deste marco, pois também fica armazenado na base deles estas informações ou então irão te orientar a usar as coordenada que voc~e obteu, pois já está no Datum oficial.

 

Att,

Andréa

Vanessa,

Desconfio que na verdade o outro profissional não está querendo lhe repassar esses dados. Essa desculpa que "perdeu" os dados não cola. Em todo caso, sugiro que consulte o Comitê de Certificação Regional do Incra em seu estado para sugestões, afinal de contas, eles é que vão avaliar o seu trabalho.

Olá pessoal.


Em resposta à um e-mail enviado ao INCRA me instruíram a minha tal dúvida o seguinte:

- Quanto ao fato de o valor estar em SAD69, o Responsável Técnico pelo trabalho seu (talvez seja você mesma!) é quem deve fazer esta conversão de SAD69 para SIRGAS.(obs: Através do ProGRID e constar essa transformação no relatório. Vanessa)

- Considere comigo que você confia mais no seu serviço que no já certificado...

Se assim acontece, você vai adotar as suas coordenadas e justificar esta adoção no relatório técnico.
Se o erro implicar em sobreposição, certamente na análise de sua certificação, a sua e a anterior serão periciadas e: 
1. ou a sua será negada inicialmente, e solicitada adequação!
2. ou a anterior será cancelada para que a sua seja certficada.
3. ambas podem também estar erradas.

O fato é que a sobreposição não é admitida e a determinação das coordenadas é de responsabilidade do RT.
Se o primeiro RT errou, agora está evidenciado tal erro e,  cartório/proprietário/RT serão notificados do erro!

Se o analista do INCRA ignora tal fato, ele é quem se responsabiliza (e certamente pagará) por tal erro.



Me ajudou muito, espero que vos ajudem também.

Att,

Vanessa M.

Reply to Discussion

RSS

© 2014   Created by GeoConnectPeople.

Badges  |  Report an Issue  |  Terms of Service